Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

02
Jan 09

Imagem retirada daqui.

 

 

Saudades de ti

Do teu olhar

Do teu sorriso

Dos teus lábios

Do teu corpo

 

Saudades de nós

Dos olhares

Da cumplicidade

Das gargalhadas

 

...Saudades...

de tudo

de nada

 

Saudades

Do mundo que pintamos de cor-de-rosa

publicado por M.M. às 17:50

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16
17

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

15 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO