Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

24
Out 09

Para onde quer que vá
Já lá estive

Para onde quer que não vá

Nunca lá estive

O que quer que faça
já o fiz

O que quer que não faça

Nunca o fiz

 

O que quer que ame
É uma parte

O que quer que não ame

É parte nenhuma

 

Por muito que viva
Fico com vida

Por muito que morra

Fico sem vida

publicado por M.M. às 18:58

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

16
17

18
19
20
23

27
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

15 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO