Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

02
Jan 10
É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas agigantam-se e encolhem-se aos nossos olhos. O nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de acções e reacções, de expectativas e frustrações.
Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente torna-se mais uma. Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande... é a sua sensibilidade, sem tamanho.
 
William Shakespeare

Imperdoavelmente este texto que li há uns tempos num blog alheio (do qual não guardei a indicação) foi ficando perdido nos rascunhos...

 

Que todos possamos ter na nossa vida estas pessoas...

publicado por M.M. às 18:47

22
Nov 09

Finalmente consegui responder a todos os e-mail que insistiam em ficar "pendurados" no e-mail! Já não podia ver tanta  amarela... E cada uma mais urgente que a outra... umas que prometiam anexos e não chegavaram! Outras que prometiam melhorias e só trouxeram piorias.

 

É curiosa a forma com transferimos para o mundo virtual a nossa própria existência! Tanto é assim que estou aqui a anunciar ao mundo o meu feito histórico, enquanto o silêncio reina cá dentro e lá fora, no mundo real!

 

 

p.s. agora vou até ao vale dos lençóis. Tenho um compromisso daqui a nada, às 9h! Devia bater em mim própria, pois fui eu que marquei a hora =)


01
Nov 09

[novo-1.JPG]

publicado por M.M. às 20:59

28
Out 09

Não foi nada

Podia ter sido alguma coisa

No entanto, foi nada!

 

 

Ficou uma dor de costas que não passa e um trauma com rotundas, passadeiras, carros do lixo e peões! E ficou também uma dor de cabeça, com toda a papelada que é preciso tratar!

 

Ficou também a indignação! Como forma de se desculparem pelo susto que nos causam as pessoas que batem no nosso carro deveriam ser obrigadas a tratar da burocracia com a companhia de seguros delas e com a nossa! Perdi uma tarde na seguradora... E ainda tenho de perder uma manhã para levar o carro à garagem para que possam fazer o diagnósticos dos problemas provocados pelo choque.

 

O pior de tudo é que vou ficar sem carro! E ainda não sei se o seguro me dará uma viatura de substituição! No próximo ano faço um seguro VIP para poder ter sempre um veículo de substituição... ainda que seja só por causa de uma pequena avaria!

 

p.s. façam tudo, menos colocar a palavra acidente no google e depois clicar em pesquisar! Que horror! Por isso fui roubar aqui a Sandra Bullock

publicado por M.M. às 12:25

26
Out 09

Já sei qual é a sensação de nos irem ao cú!

Já sei qual é a sensação de não sentir as pernas!

Já sei qual é a sensação de preencher uma declaração amigável de acidentes!

 

Já sei, também, qual a sensação de poder matar uma pessoa

Já sei qual a sensação de agradecimento!

Obrigada Senhor por sempre me acompanhares!

Por me dares a capacidade de reagir até em situações extremas.

 

Obrigada.

publicado por M.M. às 23:42

25
Out 09

Chover

Acelerar

Rir

Olhar

Ouvir

Respirar

Chorar

Sentir

Luz

Calor

Amor 

 

publicado por M.M. às 17:59

24
Out 09

Para onde quer que vá
Já lá estive

Para onde quer que não vá

Nunca lá estive

O que quer que faça
já o fiz

O que quer que não faça

Nunca o fiz

 

O que quer que ame
É uma parte

O que quer que não ame

É parte nenhuma

 

Por muito que viva
Fico com vida

Por muito que morra

Fico sem vida

publicado por M.M. às 18:58

17
Set 09

 

Detesto estar a tomar banho e faltar o gás!

...fico fora de mim...

 

publicado por M.M. às 21:43

04
Set 09

Nem só de psicopatas vive o mundo!

Eric Dane

 

Melhor do que isso só homens que escrevem bem e têm um sentido de humor fantástico...

publicado por M.M. às 12:10

23
Ago 09

 

Hoje sonhei com ele

Passeavamos de mão dada pela cidade

Os nossos olhares irradiavam felicidade

Todos à nossa volta nos olhavam,

Como que invejando-nos.

 

Mas mais do que a que os outros viam

Era a felicidade que sentiamos

 

Corações palpitantes de uma felicidade tão nossa

Que seria impossivel os outros perceberem.

 

Eramos felizes de um amor dado de graça

Sem impedimentos

Sem meias palavras

Sem mas's

 

Hoje sonhei com ele comigo.

 

publicado por M.M. às 19:12

29
Jul 09

 

«A culpa não é dos filmes que viste, dos livros que leste, das letras das músicas que gravavas repetidas nas cassetes de fita preta. A culpa foi desse momento - onde raio foi esse momento - em que eternizaste a ideia de acreditar que mereces o princípio, o meio e o fim da mais romântica, foleira, pirosa e linda história de amor.»

 

Adulterado daqui.

publicado por M.M. às 18:03

29
Jun 09

Ponham-me no emprego que eu quiser, que vou querer outra coisa.

Deêm-me o homem mais maravilhosa do mundo, que vou querer outro.

Dêem-me outra vida, que vou querer a que tenho agora.

Dêem-me todo o dinheiro do mundo, que vou querer ser pobre.

Dêem-me companhia, que vou continuar sozinha.

Imagem retirada daqui.


Uma pessoa que vive assim está condenada! Ou à eterna felicidade. Ou à eterna infelicidade. Ou à eterna insatisfação de não viver nenhuma das duas com a intensidade que gostaria.

publicado por M.M. às 16:27

16
Abr 09

Qual é a pessoa que depois de há anos atrás ter dito não a alguém e passados os mesmos anos em que disse não ser confrontada com a mesma pergunta e ficar sem saber se o sim não será a melhor resposta, mas depois o sim JÁ NÃO sentido, depois de tudo o que passamos, de tudo o que vivemos separados!

 

Como posso não bater mal quando tenho no meu msn a seguinte missiva: "Olá princesa, já te disse que eu posso ser o teu principe encantado?" E que depois de insistir que o meu princípe há-de chegar montado num cavalo branco ele nos diz que se for preciso compra o cavalo e me rapta da torre mais alta do Castelo?

 

À proposta de rejeição ainda me faz rir dizendo para começar a ir ao ginásio antes de lhe dar uma "bofetada com força"! "Achas que me vou embora antes de sentir o calor dos teus lábios nos meus? 6 anos com essa mesma vontade que não passa..."

Imagem retirada daqui.

 

 

Eu sou complicada, sabes que o sou! Caramba.... E ele responde: "Não és nada complicada és muito franca, eu é que te sufoco".

 

Como é que eu posso ter podia ter dito não, quando deveria ter dito SIM!

publicado por M.M. às 22:22

Imagem roubada aqui.

 

No entanto, outras tantas vezes só queria dizer "sim!". Aliás queria ter podido dizer assim àquela velha proposta de trabalho; dizer sim àquele grande amor; dizer sim àquela viagem que foi sendo sempre adiado; dizer sim àquela loucura que poderia ter feito e não fiz.

 

Há um tempo para tudo, agora parece-me que todos esses tempos passaram e eu fui ficando para trás, como todos esses "sim´s" que se perderam na minha memória e que nunca mais poderão ser ditos ou vivenciados!

publicado por M.M. às 22:03

14
Jan 09

Anda aí a febre dos eu já e dos eu nunca! Como estou doente e sem nada de melhor para fazer (para além de ter a catequese para preparar e ter de dar uma vista de olhos nas alarvidades escritas por uma das minhas explicandas - não sei se a palavra existe - na tese de final de licenciatura DELA) vou-me dedicar a isso.....

 

Eu já caí de um muro de 1,5 m de altura por ter uns patins calçados

Eu já me ri de ver outras pessoas a cairem

Eu já fui assaltada

Eu já escalei os Alpes suissos

Eu já fui mais organizada

Eu já ultrapassei os limites de velocidade muitas vezes

Eu já quis ser agricultora

Eu já me perdi num aeroporto

Eu já perdi o último autocarro para regressar a casa

Eu já dei sangue

Eu já me descalcei num aeroporto

Eu já ajudei quem precisava

Eu já chorei por um amigo

Eu já me despedi no emprego

Eu já magoei pessoas de quem gostava

Eu já disse "amo-te"

Eu já fui pedida em casamento

Eu já disse a alguém que tinha uma pedra no lugar do coração

Eu já fiz a viagem Lisboa-Madrid dentro do train-hotel

Eu já comi 10 donuts de uma só vez

Eu já passei uma semana sozinha no Gerês

 

Eu já estive internada

Eu já tive 18 anos

Eu já tive um revisor a falar comigo e não percebi uma palavra

Eu já esperei 1h por um comboio atrasado

Eu já desejei nunca ter ido a Veneza

Eu já fiz figuras tristes

Eu já fui mordida por um cão

Eu já me apaixonei muitas vezes

Eu já acreditei que um amor ía durar para sempre

Eu já plantei batatas

Eu já plantei oliveiras

Eu já fui chamada de incompetente (injustamente)

Eu já andei de barco (a remos e obrigada)

Eu já andei de cavalo, é mais égua :)

Eu já vi uma pessoa a morrer à minha frente

Eu já ri sem vontade

Eu já perdi pessoas que amava

Eu já partilhei o mesmo quarto com desconhecidos

Eu já escutei atrás da porta

Eu já falei mais do que devia

Eu já acampei

Eu já guardei vacas

Eu já me perdi no Gerês

Eu já tive medo de viajar dentro de um comboio

Eu já perdoei

Eu já dormi na praia

Eu já beijei um desconhecido

Eu já me senti discriminada

Eu já chorei de raiva

Eu já fui vizinha de um psicopata

Eu já conheci pessoas fantásticas

Eu já quis comprar o Público e tive de sair de lá com o 24 horrores

Eu já sofri por amor

Eu já esperei por uma pessoa anos demais

Eu já li um livro num dia

Eu já levei 5 pontos num joelho

Eu já acabei uma licenciatura

Eu já apanhei boleia

Eu já dormi numa cama de rede ao relento

Eu já rachei a cabeça ao meu irmão

Eu já quis ser diferente

Eu já me enganei com as pessoas

Eu já comi sushi e adoro

Eu já partilhei uma casa

Eu já chorei de alegria

Eu já sou tia 

 

Eu já fiz tanta coisa.... E tenho tanta coisa para fazer ainda....

 

[agora tenho de ir ali buscar mais um pacote de lenços]

publicado por M.M. às 15:37

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO