Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

22
Mar 10

publicado por M.M. às 08:30

23
Nov 09

Se há coisas que me enervam... É encontrar uma pessoa conhecida passado anos e depois elas terem a necessidade de me contar a vida delas que, normalmente implica um rebanho de filhos, uma maridinho e uma sogra e umas cunhadas! E depois olham para mim com cara de tacho e dizem: "Ainda solteira? Tu vê lá se desencalhas!"

 

Matem-no. Têm a certeza que está morto?

Fico mais descansada assim!

 

Não acham extraordinário? Eu acho!

 

Depois lá lhes tento explicar (a alguns, que outros nem vale o trabalho) que nos poderemos sentir realizados sem termos uma criancinha a agarrar-nos na perna, nem um sogra chata de quem possamos dizer mal! Parece-lhes sempre curta a explicação do "vou namorando" e querem logo saber quem é, o que faz, se é rico!

 

Enfim, tirem-me deste filme.


05
Nov 09

disney-wallpapers-011

Desenho pescado aqui.

 

Escrevemos uma coisa e pensamos essa coisa!

Escrevemos uma coisa e pensamos outra!

Escrevemos uma coisa e queríamos escrever essa coisa!

Escrevemos uma coisa e queríamos escrever outra!

 

Escrevemos uma coisa e queriam ler essa coisa!

Escrevemos uma coisa e queriam ler outra!

 

É extraordinário este mundo:

Do diz que sim!

Do diz que não!

 

Afinal, só nós conseguimos de facto discernir entre

O que escrevemos,

O que queriamos ter escrito

O que queriam ler

E o que leêm!

 

p.s. afinal há coisas que permanecem iguais a si próprias....

publicado por M.M. às 16:30

25
Out 09

Chover

Acelerar

Rir

Olhar

Ouvir

Respirar

Chorar

Sentir

Luz

Calor

Amor 

 

publicado por M.M. às 17:59

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO