Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

30
Nov 12

«Regresso devagar ao teu 
sorriso como quem volta a casa. Faço de conta que 
não é nada comigo. Distraído percorro 
o caminho familiar da saudade, 
pequeninas coisas me prendem, 
uma tarde num café, um livro. Devagar 
te amo e às vezes depressa, 
meu amor, e às vezes faço coisas que não devo, 

regresso devagar a tua casa, 
compro um livro, entro no 
amor como em casa.» 

Manuel António Pina
publicado por M.M. às 00:48

15
Nov 12

publicado por M.M. às 16:16

30
Out 12

publicado por M.M. às 18:33

26
Out 12

... mas não te safas!

publicado por M.M. às 12:52

05
Out 12

publicado por M.M. às 09:03

04
Out 12


Se me apagares os olhos, ainda te posso ver.

Tapa-me os ouvidos: ainda

consigo ouvir-te.

E sem pés, consigo chegar até ao pé de ti.

E sem boca sei ainda invocar-te.

Arranca-me os braços: eu abraço-te

Com o meu coração como se fosse uma mão.

Pára-me o coração e o meu cérebro baterá.

E se me pegares fogo ao cérebro,

Vou levar-te no meu sangue.


Reiner Maria Rilke, O livro da peregrinação.

publicado por M.M. às 15:39

27
Set 12

 Eu sei que sou perdidamente apaixonada por ti. sei que me conquistaste de uma forma irrepetível.

Que me adoras como ninguém e que te empenhas em fazer de mim a mulher mais feliz do mundo. Sei disso tudo.

Só não sei se tu sabes, se tu consegues sentir o amor gigante que sinto por ti. Este pulsar que bate cá dentro e que me faz querer estar ao teu lado para o resto da vida. e tu, que me dás tanto, que me deste o melhor que uma mulher pode ter, és, de forma insubstituível, o grande amor da minha vida. Queria muito que pudesses sentir a imensa alegria do meu coração quando fala de ti. Vou-te mostrando, nos detalhes, nos sorrisos que te ofereço, nos muitos mimos que te dou e na força que somei à tua um dia.


Hoje e para sempre.

publicado por M.M. às 16:00

18
Set 12

Às vezes as horas que passo longe de ti

...parecem-me eternidades...

publicado por M.M. às 15:58

10
Set 12

Namorar é sempre bom! Seja na nossa casinha, seja a milhares de kms de casa!

Obrigada amor

publicado por M.M. às 10:14

02
Jul 12

... foi hoje!


Agora rumamos ao futuro!

publicado por M.M. às 15:33

20
Jun 12

Quase, quase a chegar!

publicado por M.M. às 12:28

23
Mai 12

publicado por M.M. às 19:41

04
Mai 12
publicado por M.M. às 09:25

26
Mar 12

publicado por M.M. às 10:01

07
Fev 12

Todas as tuas pequenas manias,

Todas as pequenas coisas tuas

Me fizeram nutrir um pequeno

Grande amor por ti.

 

_

Serão sempre as pequenas palavras

Acompanhadas de pequenos gestos

Que me irão continuar a fazer apaixonar

Por ti, todos os dias

publicado por M.M. às 15:28

09
Jan 12

Adoro as declarações de amor que me fazes todos os dias!

publicado por M.M. às 19:12

06
Jan 12

publicado por M.M. às 19:32

19
Dez 11


Todos los mares, solo deseo
navegarlos contigo.

Todo sin mas
La eternidad tanbién la pido.

(Rosana)

publicado por M.M. às 16:14

17
Dez 11
E não,
Eu não tenho medo.
Não sei o que é ter medo de amar.
Quando temos medo é porque não amamos de forma livre.

Uma pessoa não é um objecto para a perdermos,

Não é um bem para arrogarmos o nosso direito de propriedade sobre ele.

 

...e acho que isto diz tudo...


publicado por M.M. às 15:34

21
Set 11

... c´est vrai!

publicado por M.M. às 14:26

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO