Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

16
Jul 10

Vida é chuva, é sol Uma fila, um olá Um retrato, um farol Que será que será Vida é um filho que cresce Uma estrada, um caminho É um pouco de tudo É um beijo, um carinho É um sino tocando, uma Fêmea no cio É alguém se chegando É o que ninguém viu É discurso, é promessa É um mar, é um rio Vida é a revolução, é deixar como está É uma velha canção, Deus nos deu, Deus dará Vida é a solidão, é a turma do bar É partir sem razão, é voltar por voltar Vida é palco é platéia, é cadeira vazia É rotina, odisséia, é sair de uma friaÉ um sonho tão bom, é a briga no altarVida!!! É um grito de gol É um banho de mar É inverno e verão Vida!!! É mentira, é verdade E quem sabe a vida é da vida razão.

 

Copiado aqui.

publicado por M.M. às 07:23
tags:

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



26
27
29


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO