Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

29
Mai 10
Eu só quero o teu braço, que me abraça
Eu só quero o teu beijo, que me afoga
Eu só quero o teu corpo que me enlaça
Eu só quero o teu fogo que me afaga
Eu só quero o teu livro que me ensina
Eu só quero o teu jeito que me ajeita
Eu só quero o teu ar que me fascina
Eu só quero o teu gozo que me enfeita.
publicado por M.M. às 00:35

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13

16
18


30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

17 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO