Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

14
Jan 09

Anda aí a febre dos eu já e dos eu nunca! Como estou doente e sem nada de melhor para fazer (para além de ter a catequese para preparar e ter de dar uma vista de olhos nas alarvidades escritas por uma das minhas explicandas - não sei se a palavra existe - na tese de final de licenciatura DELA) vou-me dedicar a isso.....

 

Eu já caí de um muro de 1,5 m de altura por ter uns patins calçados

Eu já me ri de ver outras pessoas a cairem

Eu já fui assaltada

Eu já escalei os Alpes suissos

Eu já fui mais organizada

Eu já ultrapassei os limites de velocidade muitas vezes

Eu já quis ser agricultora

Eu já me perdi num aeroporto

Eu já perdi o último autocarro para regressar a casa

Eu já dei sangue

Eu já me descalcei num aeroporto

Eu já ajudei quem precisava

Eu já chorei por um amigo

Eu já me despedi no emprego

Eu já magoei pessoas de quem gostava

Eu já disse "amo-te"

Eu já fui pedida em casamento

Eu já disse a alguém que tinha uma pedra no lugar do coração

Eu já fiz a viagem Lisboa-Madrid dentro do train-hotel

Eu já comi 10 donuts de uma só vez

Eu já passei uma semana sozinha no Gerês

 

Eu já estive internada

Eu já tive 18 anos

Eu já tive um revisor a falar comigo e não percebi uma palavra

Eu já esperei 1h por um comboio atrasado

Eu já desejei nunca ter ido a Veneza

Eu já fiz figuras tristes

Eu já fui mordida por um cão

Eu já me apaixonei muitas vezes

Eu já acreditei que um amor ía durar para sempre

Eu já plantei batatas

Eu já plantei oliveiras

Eu já fui chamada de incompetente (injustamente)

Eu já andei de barco (a remos e obrigada)

Eu já andei de cavalo, é mais égua :)

Eu já vi uma pessoa a morrer à minha frente

Eu já ri sem vontade

Eu já perdi pessoas que amava

Eu já partilhei o mesmo quarto com desconhecidos

Eu já escutei atrás da porta

Eu já falei mais do que devia

Eu já acampei

Eu já guardei vacas

Eu já me perdi no Gerês

Eu já tive medo de viajar dentro de um comboio

Eu já perdoei

Eu já dormi na praia

Eu já beijei um desconhecido

Eu já me senti discriminada

Eu já chorei de raiva

Eu já fui vizinha de um psicopata

Eu já conheci pessoas fantásticas

Eu já quis comprar o Público e tive de sair de lá com o 24 horrores

Eu já sofri por amor

Eu já esperei por uma pessoa anos demais

Eu já li um livro num dia

Eu já levei 5 pontos num joelho

Eu já acabei uma licenciatura

Eu já apanhei boleia

Eu já dormi numa cama de rede ao relento

Eu já rachei a cabeça ao meu irmão

Eu já quis ser diferente

Eu já me enganei com as pessoas

Eu já comi sushi e adoro

Eu já partilhei uma casa

Eu já chorei de alegria

Eu já sou tia 

 

Eu já fiz tanta coisa.... E tenho tanta coisa para fazer ainda....

 

[agora tenho de ir ali buscar mais um pacote de lenços]

publicado por M.M. às 15:37

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16
17

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO