Porque uma é pouco! Porque umas 1000 é capaz de ser demais. Aqui passarão a figurar as muitas existências de mim mesma. As muitas vivências de mim para mim mesma.

12
Jan 09

 

 

Outra margem de mim - Mafalda Veiga

 

 

É quase noite, não te escondas mais
Vai desatando até entrar o ar
Dá-me um gesto que me diga o teu fundo
Uma palavra para te tocar

 

P.S. Onde estás margem? Custa-me vislumbrar-te...
 

publicado por M.M. às 19:10

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16
17

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO